domingo, 7 de junho de 2015

Horns (Amaldiçoado)

Sinopse: Ignatius Perrish (Daniel Radcliffe) é um jovem que tem sua vida virada de cabeça para baixo quando sua namorada é estuprada e morta. Ele é imediatamente apontado como o principal suspeito. Estranhamente, um dia Ig acorda de uma ressaca com um par de chifres nascendo em sua cabeça e um estranho poder: ouvir o segredo das pessoas.

Resenha: Desde os minutos iniciais do filme acompanhamos o jovem Ig ser perseguido e acusado pela morte de sua namorada Merrin, uma garota adorada por todos que a cercam. Apesar de Ig nutrir um grande amor por Merrin desde a infância, ninguém, nem mesmo seus próprios pais, acreditam em sua inocência o que faz com que sinta-se completamente atormentado e sozinho não fosse seu melhor amigo Lee e seu irmão Terry que parecem os únicos ainda ao seu lado.
Depois de uma noite de bebedeira, Ig percebe, ao olhar-se no espelho, que tem chifres crescendo em sua cabeça como se já não bastasse todo o resto em sua vida. Apesar do estranho fato, as pessoas parecem não ver nada de espantoso em um homem andando por aí com um par de chifres na cabeça, além de não resistirem a contar os segredos mais íntimos e, por vezes, bizarros. Ig, então, passa a aproveitar-se da situação para tentar descobrir o que aconteceu com sua amada Merrin.
O filme Horns (que no Brasil foi intitulado Amaldiçoado) é baseado no livro homônimo de Joe Hill e conta com a atuação de Daniel Radcliffe na qual o ator se saiu incrivelmente bem, na minha opinião, comparando com outros filmes que vi com ele. Não li o livro, mas me despertou muita curiosidade e, se encontrá-lo algum dia, é provável que leia.
Li muitas críticas negativas sobre o filme, mas discordo, acho que a história apresentada é, sim, interessante mesmo sendo totalmente inusitada, talvez pelo fato de eu não ter lido o livro, ainda assim as atuações foram boas e convincentes assim como o enredo, porém, acho que o desfecho poderia ser melhor. Mas a cena final foi muito bem feita e colocada, me deu aquele "aaah, entendi", além de ter uma beleza tocante. Outro ponto negativo é que o filme não explora muito as personalidades dos demais personagens, o foco é sempre em Ig, pouco se mostra até mesmo de Merrin que é muito descrita como uma garota muito pura, porém não se mostra muito além de sua relação com o protagonista. No geral, é um filme que gostei muito e recomendo.


4 comentários:

  1. Assisti esse filme ontem e também não li o livro. Pensei que seria uma história de terror e me surpreendi ao rir em muitas das cenas mas achei o enredo bem interessante apesar do desfecho ser bem previsível... Também gostei da interpretação do Daniel, foi bem melhor do que "A mulher de Preto" que não combinava em nada com ele....
    bjus
    http://reticenciasliterarias.blogspot.com.br/
    Página Facebook

    ResponderExcluir
  2. Sim, acho que ele se saiu muito melhor. Muitos disseram que era o pior filme do ano, mas não achei, não é o melhor, mas é legal e interessante.
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa pra saber como é, irei assistir :)

    ResponderExcluir

Espero que tenha gostado do post e sinta-se à vontade para dar sua opinião aqui e voltar sempre que quiser. Pode também deixar o link do blog para que eu e outros leitores possamos conhecer um pouco de você.
Muito obrigada pela visita <3