segunda-feira, 9 de junho de 2014

Mas eu acredito em amor verdadeiro, sabe?


“Mas eu acredito em amor verdadeiro, sabe? Não acho que todo mundo possa continuar tendo dois olhos nem que possa evitar ficar doente, e tal, mas todo mundo deveria ter um amor verdadeiro, que deveria durar pelo menos até o fim da vida da pessoa.” (A Culpa é das Estrelas - Pág. 74)

Não posso acreditar que alguém passe por essa vida sem um amor que vai durar até o fim dos dias apesar dos pesares. Concordo em número e grau com Hazel, ela sabe o que fala. Isso porque só quem vive um grande amor sabe disso e quem está pronto para vivê-lo deve saber também.
Me parece monótono demais passar por essa vida tão cheia de responsabilidades que devem ser cumpridas em tempos contados num relógio barato. Todo mundo deve saber a sensação de um coração acelerado ao reencontrar a pessoa amada depois de dias de espera, saber como é uma tarde cheia de sonhos e preenchida com planos de viagens e um futuro próximo. Todas as pessoas merecem ouvir um "Eu te amo" sincero, mas aquele falado com cada parte do ser amado de forma que as faça sentir que não existem palavras mais lindas no mundo todo.
Acredito que ninguém deve passar por um mundo tão cruel sem um coração para transbordar o seu.
Acredito que o amor merece ser vivido e todos nós merecemos vivê-lo.
Não sei se todos os amores duram até o fim da vida, mas acredito que muitos deveriam.

Jéssica de Paula

Um comentário:

Espero que tenha gostado do post e sinta-se à vontade para dar sua opinião aqui e voltar sempre que quiser. Pode também deixar o link do blog para que eu e outros leitores possamos conhecer um pouco de você.
Muito obrigada pela visita <3