terça-feira, 28 de julho de 2015

Frases: A Primeira Luz da Manhã - Thrity Umrigar


"Somos responsáveis por aqueles que amamos, percebo, e, se abdicamos dessa responsabilidade,
 não podemos afirmar que amamos."

"Todo mundo sabe que devoro livros como se fossem barras de chocolate, que adoro música. Ainda assim, nenhum adulto jamais me compra um livro ou um disco de presente. Aliás, talvez seja até bom que não me deem o tipo de presente que me agrada. Diante do pouco que conhecem do meu gosto, eu acabaria ganhando livros de poliéster e discos de gabardine."

"Meu amor é tão intenso e pesado que tem gosto de sangue. Ou de dor. Pelo resto da minha vida há de ser assim, esse amor intenso, essa dor intensa.”

" Seremos confidentes. Irei confortá-lo, aguentarei sua cruz, passarei décadas pedindo permissão ao universo para ser feliz em minha própria vida, diante da consciência que tenho do seu sofrimento."

2 comentários:

  1. Oi, moça! :)

    Nossa, acredita que lá na biblioteca da PUCRS tem uns exemplares dessa escritora, mas eu só fico olhando e nunca peguei? Na verdade, já li as sinopses de dois livros, mas nunca fui em frente. Acho os temas dela bem singulares, mas sensíveis. Espero ter coragem de pegar um livro ainda esse semestre! O primeiro quote é de arrasar, adorei! É a pura verdade! <3

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra mim é um pouco demorado ler o livro porque não é uma história com inicio, meio e fim, são as lembranças da infância e adolescência da autora, mas é bem sensível e, em algumas partes, até comovente, além de ser bem interessante saber um pouco sobre a Índia dos anos 70 até os mais atuais. e o primeiro quote foi o que mais me pegou também <3

      Excluir

Espero que tenha gostado do post e sinta-se à vontade para dar sua opinião aqui e voltar sempre que quiser. Pode também deixar o link do blog para que eu e outros leitores possamos conhecer um pouco de você.
Muito obrigada pela visita <3