sexta-feira, 7 de março de 2014

Aquela Noite


A chuva caía incessantemente sobre nossas cabeças. Eu permanecia parada esperando alguma atitude sua. Esperando que me envolvesse em seus braços e dissesse que nunca mais me deixaria partir. Ou que simplesmente virasse as costas dizendo em silêncio que aquele era nosso fim. O fim de algo que nunca começou realmente. Mas você, assim como eu, permanecia calado como se esperasse que a solução despencasse do céu junto à chuva.
"E então?" Te indaguei.
Não tinha como negar a verdade. Eu conhecia-o, não podia mentir. Não pra mim.
"Vai acabar ficando doente. Vamos voltar e conversar em casa." Você pediu como se fosse nossa casa.
Então eu fiz o que você nunca teve coragem. Virei as costas e não olhei para trás.
Desde aquela noite nunca mais te vi e, acredite, estou melhor assim.

Jéssica de Paula

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espero que tenha gostado do post e sinta-se à vontade para dar sua opinião aqui e voltar sempre que quiser. Pode também deixar o link do blog para que eu e outros leitores possamos conhecer um pouco de você.
Muito obrigada pela visita <3