segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Gone - desaparecer (Lisa McMann)

Sinopse: No início Janie acreditava que já sabia o que o futuro lhe reservava e pensou que estava em paz com isto. Mas, o que Janie não suportou, foi ver Cabel afundando com ela. Janie só vê uma maneira de dar a Cabel a vida que ele merece – ela precisa desaparecer. Mas isto pode destruir os dois. Então, um estranho entra em sua vida – e tudo se desfaz. Seu futuro, antes previsto, sofre uma reviravolta trágica e suas escolhas se tornam mais terríveis do que Janie jamais imaginou. Ela só precisa escolher o menor dos dois males. E o tempo está se esgotando…

Resenha:
Janie está finalmente de "férias" com Cabel na cabana alugada por Charlie e Megan - irmão e cunhada de seu namorado, porém sonhos não tiram férias e mesmo nesse quase paraíso ela tem que lidar com os sonhos dele que a atormentam. As coisas ficam ainda piores quando recebe uma estranha ligação de sua amiga Carrie a informando que sua mãe estava atordoada e precisou levá-la ao hospital. Janie e Cabel voltam para casa e se dirigem ao hospital atrás de Dorothea, mas têm uma grande surpresa ao descobrirem que não é a mãe de Janie que está internada e sim seu suposto pai. A partir da vida desse homem estranho e misterioso Janie pode descobrir não apenas sobre o passado da mãe, mas também sobre seu estranho dom.
Dos três livros esse foi o mais complicado para escrever a resenha, pois a trama deste está bem confusa e apesar de conter poucas páginas ainda assim muitas são desnecessárias. A trilogia em si considerei apenas boa, nada de excepcional e ainda assim muita coisa poderia ser tirada e colocada toda em um livro só o que ficaria bem mais interessante, pois os três livros parecem um só e o final desse terceiro parece mais o início de uma saga mais longa.
Janie como sempre não me encantou nem desencantou, vejo-a como uma protagonista sem sal, com personalidade confusa e Cabel foi deixado de lado um pouco enquanto ela tentava resolver tudo sozinha como de costume, uma pena porque, para mim, ele é o personagem que mais se sobressai.
O final não foi de todo ruim, mas poderia ter sido melhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espero que tenha gostado do post e sinta-se à vontade para dar sua opinião aqui e voltar sempre que quiser. Pode também deixar o link do blog para que eu e outros leitores possamos conhecer um pouco de você.
Muito obrigada pela visita <3