terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Dizem por aí (Jill Mansell)

Sinopse: O namorado de Tilly Cole acaba de se mudar do flat deles com metade de suas coisas. Sem nada para prendê-la, Tilly decide rapidamente morar mais perto de sua melhor amiga, Erin, em um vilarejo minúsculo em Cotswolds. Lá, Tilly é contratada no mesmo momento como faz-tudo em uma empresa de design de interiores. Para sua surpresa, a cidade pequena transborda escândalo, sexo, fofoqueiros e boatos, focados basicamente em Jack Lucas, o homem lindo de muita classe e melhor amigo de seu chefe. Todos falam para Tilly ignorar o encanto por Jack, que ela será apenas outra em sua cama se ela se deixar levar; mas Tilly, que trabalha ao lado de Jack, enxerga uma parte carinhosa e cuidadosa dele que não é revelada à cidade. É impossível que ele seja a mesma pessoa de quem todos falam. Ou é possível? Tilly deve separar os fatos da ficção e seguir seu instinto neste divertido romance moderno.


Resenha: Quando Tilly acorda e percebe que seu namorado simplesmente foi embora sem falar nada, seu primeiro pensamento é: não pode pagar o aluguel sozinha. A verdade é que Tilly Cole não costuma se envolver sincera e profundamente em seus relacionamentos, mas também não sabe como terminar quando já não aguenta mais então quando finalmente consegue se livrar dos relacionamentos por conveniência ela não se sente abalda.
Depois de mais um término, Tilly decide ir visitar a amiga Erin que, por um acaso, está em um relacionamento um tanto complicado e secreto. A ideia inicial de Tilly é fazer apenas uma visita, mas, por insistência de Erin e um misterioso anúncio de emprego no jornal, acaba decidindo ficar na pequena Roxborough que, assim como em toda cidade pequena, as más línguas rolam soltas, principalmente com relação a Jack Lucas, o solteiro mais cobiçado e galinha de acordo com informações locais.
Quando comecei a ler o livro pensei que seria bem "clichêzão", que ela chegaria e se apaixonaria de cara pelo patrão gato e galinha, mas não foi exatamente assim. É verdade que tem sim certos clichês, principalmente no romance Tilly-Jack, mas o livro vai além da história de romance e confusão dos dois. Além do casal protagonista acompanhamos também a trajetória de vários outros personagens que vão de encantadores a engraçados e pseudo-violões. Além da fofa Lou e do seu pai, Max, para quem Tilly trabalha, conhecemos Kaye, ex de Max e famosa atriz que vive em Los Angeles, que acaba voltando para a cidade depois de um escândalo no meio artístico. Já Stella é uma personagem única, quando chega com sua pose de dondoca barraqueira te faz pensar em detestá-la, mas com o passar dos capítulos, eu, pelo menos, não consegui odiá-la.
Um livro engraçado, leve e descontraído, vale reservar um tempinho para se entreter nessas páginas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Espero que tenha gostado do post e sinta-se à vontade para dar sua opinião aqui e voltar sempre que quiser. Pode também deixar o link do blog para que eu e outros leitores possamos conhecer um pouco de você.
Muito obrigada pela visita <3