sexta-feira, 15 de julho de 2011

Todo Cambió

- EU O ODEIO – declarou Rose Weasley saindo da lareira repentinamente assustando Ron que lia o jornal no sofá
Ao ouvir a voz da filha Hermione apareceu na porta da cozinha e mirou a filha que chorava feito uma criança.
- Rose, o que aconteceu? – perguntou ela
- EU ODEIO SCORPIUS MALFOY – declarou Rose
- Essa é minha garota – falou Ron animado
- Ronald – repreendeu Hermione
- Não, o papai tinha razão. O Scorpius não vale a cerveja amanteigada que toma
- Rose, vocês brigaram mais uma vez? – perguntou Hermione desanimada
- Dessa vez é para sempre – falando isso Rose correu escada acima em direção a seu quarto
Mal a garota subira deixando os pais se olhando confusos, mais uma vez alguém surge da lareira, alguém um pouco atrapalhada, diga-se de passagem. Ao chegar à lareira do tio Lily se desequilibrou e caiu no chão, quase levando Hermione junto.
- Cadê a Rose? – perguntou enquanto se levantava
- No quarto, você pode… - falou Hermione sem ter tempo de terminar a frase, pois Lily já saíra apressadamente para o quarto da prima
- Mas o que…? – Ron falou olhando confuso para a mulher que entendia tanto quanto ele
- Ai – ouviram alguém exclamar da lareira – Porra, tio, você bem que podia aumentar isso – falou Alvo saindo da lareira com a mão na testa – ei, a Rose e minha irmã estão lá em cima?
- Estão, mas… - começou Hermione, sem ser ouvida de novo
O casal se encarou e decidiu subir atrás da filha e soa sobrinhos.
Todo cambió cuando te vi,
De blanco y negro al color me convertí
Y fue tan fácil quererte tanto,
Algo que no imaginaba,
Fue entregarte mi amor con una mirada,
Todo tembló dentro de mí,
El universo escribió que fueras para mí,

Ao chegarem viram os sobrinhos batendo na porta do quarto de Rose que se tracara lá.
- Alguém pode explicar o que está acontecendo? – perguntou Hermione
- A Rose me pediu para ir com ela até o serviço do Scorpius para fazer uma surpresa, porque ele teve que trabalhar hoje que é domingo, mas quando a gente chegou demos de cara com a Melody Wood saindo da sala dele.
- Que filho da…
- Rony
- Mione, você ouviu o que esse cara fez para nossa filhinha?
- Não é isso tio – defendeu Lily
- Eu estava lá com o Scorp, mas a Rose não me viu – falou Alvo – Não é nada disso que a Rose ta pensando
- Essa é velha, Alvo – disse Rony irritado – o que me admira é você defendo aquele filho de doninha
- Eu não to defendendo, só to sendo justo
- Mas então o que essa Melody estava fazendo na sala dele? – perguntou Hermione
- A Melody é… - Alvo começou a explicar, mas foi interrompido por um barulho vindo do andar debaixo
Y fue tan fácil quererte tanto,
Algo que no imaginaba,
Fue perderm
e en tu amor,
Simplemente paso,

Y todo tuyo ya soy.
No quarto Rose estava deitada na cama chorando enquanto lembrava-se da primeira vez que vira Scorpius, o primeiro beijo, o pedido de namoro, ela chegou até a esboçar um sorriso quando lembrou a primeira vez em que Scorpius fora a sua casa para ser "apresentado" aos seus pais, a verdade é que se arriscara ao não falar para Rony quem era seu namorado. E justo agora que seu pai se acostumara com a idéia Scorpius tinha que fazer aquilo, lutara tanto para ficar com ele e teria que dar o braço a torcer.
- Droga, Scorpius. – ela falou se levantando e começou a andar de um lado para outro no quarto – Eu fiz tudo por você. Eu enfrentei meus pais por sua causa, porque eu te amo e achei que você também me amava, mas, quando eu decido te fazer uma surpresa o que eu vejo? A oferecida da Melody que vivia dando em cima de você na época do colégio. E agora eu to aqui que nem uma idiota falando sozinha. – Rose terminou se jogando na cama novamente voltando a chorar abraçada com seu urso de pelúcia – Ei, foi o Scorpius que me deu isso – falou olhando mal humorada para o urso e o jogando na parede.
Antes que pase más tiempo contigo amor,
Tengo que decir que eres el amor de
mi vida,
Antes que te ame más,

Escucha por favor,
Déjame decir que todo te di...
Y no hay có
mo explicar pero menos dudar,
Simplemente así lo sentí,

Cuando te vi
Ao chegarem à sala Rony, Hermione, Lily e Alvo deram de cara com ninguém menos que Scorpius Malfoy saindo da lareira.
- Cadê a Rose? – perguntou se aproximando do grupo
- Lá em cima, no quarto – respondeu Lily
Scorpius já ia subir quando foi impedido por Rony
- Pode ir parando, filho de doninha
- Senhor Weasley, eu preciso falar com a Rose.
- Não acha que já machucou minha filha o bastante seu canalha
- Sr. Weasley, por favor, não é nada disso. A Rose entendeu tudo errado.
- Você-não-vai-subir. Entendeu?
Scorpius olhou para o mais velho desesperado, mas este pouco se importou. Sem achar alternativa Scorpius se desviou de Rony e correu escada acima sendo seguido por um ruivo totalmente vermelho de raiva.
Me sorprendió todo de ti
De blanco y negro al color me convertí,
Se que no es fácil decir te amo
Yo tampoco lo esperaba,
Pero así es el amor,

- ROSE – gritou Scorpius batendo na porta
- VAI EMBORA MALFOY, EU NUNCA MAIS QUERO VER SUA CARA
- OK, ENTÃO SAIA COM OS OLHOS FECHADOS
- RÁ, RÁ QUANTA GRAÇA. EU NÃO QUERO MAIS SABER DE VOCÊ, SEU LOIRO AGUADO
- ROSE, POR FAVOR
- Não ouviu o que ela falou? – falou Rony puxando Scorpius pela gola da camisa – Você sai por bem ou eu vou ter que te tirar por mal moleque?
Hermione e os sobrinhos chegaram logo depois assistindo a cena com os olhos arregalados.
- Sr. Weasley, em primeiro lugar eu não sou mais um moleque como o Sr. Já deve ter visto e, em segundo, eu amo sua filha e não vou sair daqui até ela me ouvir.
- Ok, já entendi – falou Rony soltando do loiro e se afastando – Vai ser por mal – disse virando e sem que ninguém esperasse deu um soco em Scorpius
Alvo tentou segurar o tio sem obter muito sucesso, Lily, a essas alturas, já conseguira apanhar a varinha no bolso de Rony.
- Alvo seu tapado o que você ta fazendo? – perguntou a ruiva
- Tentando impedir que ele bata no Scorpius, ora
- Acorda – falou Lily – VOCÊ É UM BRUXO OU NÃO É?
- Eu já ouvi isso – lembrou Hermione
- EU ACABO COM ESSE MALFOY, EU SEMPRE QUIS FAZER ISSO – gritou Rony avançando novamente para cima de Scorpius
Lily pegou sua própria varinha e a mirou em direção a Rony
- Petrificus Tota…
- CHEEEEGA – gritou Rose saindo do quarto
Todos pararam onde estavam e olharam para a garota
- Rose… - começou Scorpius se aproximando, mas novamente foi impedido por Rony
- Não chega perto
- Tudo bem, pai.
- Rose, você não vai ouvir o que esse…
- Ronald Weasley – disse Hermione – não se meta na relação dos dois.
Rony a olhou irritado, mas soltou de Scorpius
- Tudo bem, mas nós não vamos sair daqui.
- Na verdade – falou Scorpius ficando de frente para Rose – eu preciso que todos vocês estejam presentes
- Então – disse Rose evitando olhá-lo – explique-se Scorpius Malfoy.
Simplemente paso y todo tuyo ya soy
Antes que pase más tiempo contigo amor,
Tengo que decir que eres el amor de mi vida,
Antes que te ame más,

Escucha por favor
Déjame decir que todo te di...

Naquele momento Rose e Scorpius tinham se tornado o centro de todos na casa, como se fossem os protagonistas de um filme de suspense, todos os olhavam em silêncio.
- Rose, eu não vou dizer que você viu errado, que não era a Wood ou que ela estava lá por causa o Alvo. A verdade é que ela estava lá por minha causa, eu a chamei até minha sala e eu não estava trabalhando hoje, fui até lá só para me encontrar com ela…
- Seu cachorro, você ainda…
- Shhh – pediu Alvo para a prima – Você disse que ia só escutar, deixa o cara terminar
Rose olhou para Scorpius tentando impedir que as lágrimas voltassem a cair, não podia ser fraca na frente dele, seria ridícula.
- Ok
- Como eu disse, eu fui me encontrar com ela porque a Melody Wood é vendedora de jóias e atende a domicílio, só que eu ainda não me mudei para a casa que comprei e meus pais estavam em casa então eu não queria que meu pai soubesse o que eu ia fazer, mas também não podia correr o risco de te encontrar na joalheria me vendo… - ele colocou a mão no bolso e tirou uma caixinha de veludo, a abriu revelando um anel com uma esmeralda em forma de coração – Rosie… Não, espera – falou se ajoelhando enquanto Rose já nem ligava em chorar, afinal, chorar de emoção não era ridículo – Rosie, quando te conheci eu era só um moleque, como diz seu pai, arrogante, metido a besta e egocêntrico, essas últimas palavras são suas, eu achava que era melhor que qualquer um e ninguém nunca teve coragem de me dizer o contrário... A não ser o idiota do Alvo, mas eu nunca liguei pro que ele diz – todos riram da cara de indignado de Alvo – mas ai me aparece uma baixinha estressada me mostrando que eu não era nada...
- Eu... Eu não disse que você não era nada Scorpius – Rose falou revirando os olhos
- Mas eu não era, e descobri isso no instante que te olhei... Eu não era nada sem você Rose...
- Tem certeza que você é o meu Scorpius?
- Poxa, Rose, eu to tentando ser romântico aqui.
- Desculpe.
- Eu sabia que era loucura te querer, quase fui assassinado pelo seu pai, quase fui assassinado pelo meu próprio pai, mas eu faria tudo de novo pra te ter comigo. Se eu sou quem sou hoje é por sua causa. Eu te amo mais do que eu jamais pensei ser possível amar alguém, eu nem acreditava que seria capaz de amar de verdade, mas você surgiu e virou minha vida de cabeça pra baixo.
- Oh, me perdoe – Rose falou se fazendo de ofendida
- Ta perdoada com uma condição: Aceita se casar comigo, Rose Weasley?
- É claro, meu loirinho aguado.
Enquanto Scorpius colocava o anel no dedo de Rose todos começaram a bater palmas animados menos Rony que, mesmo tentando disfarçar, deu um risinho de lado.
O casal se abraçou finalmente se beijando
- Ei, deixem isso pro casório, por favor, ela ainda é minha filha – disse Rony fazendo todos rirem.
- Eu te amo, Malfoy
- Eu te amo, Weasley, ou melhor, Sra. Malfoy
Y no hay cómo explicar pero menos si tú no estás,
Simplemente así lo sentí,

Cuando te vi...
Todo cambió...
Cuando te vi...

Fic por Jéssica de Paula
inspirada na música Todo cambió da banda Camila 

Um comentário:

Espero que tenha gostado do post e sinta-se à vontade para dar sua opinião aqui e voltar sempre que quiser. Pode também deixar o link do blog para que eu e outros leitores possamos conhecer um pouco de você.
Muito obrigada pela visita <3